quarta-feira, 2 de julho de 2008

A MÁQUINA DE HIBERNAR!

Ele estava tão desiludido e tão decepcionado com o mundo e com as pessoas - pelo menos algumas pessoas - que resolveu estudar a hibernação de alguns dos animais que hibernam e, com o que aprendeu, construiu uma máquina de hibernar para humanos. Programou a máquina para uma hibernação de 10 anos. Pensava ele, assim, que quando acordasse em 2018 o mundo e as pessoas - pelo menos algumas pessoas - estariam diferentes e assim valeria a pena abdicar de 10 anos da sua vida para viver os últimos anos mais feliz. Assim fez: entrou na máquina de hibernar, dormiu, dormiu, zzzz, dormiu, dormiu, até que acordou exactamente ao fim de 10 anos. Procurou avidamente as notícias, as pessoas de quem tinha saudades... e qual não foi a decepção: nada ou quase nada tinha mudado! Em 10 anos o mundo não mudara, as pessoas não mudaram - pelo menos algumas pessoas - e ele então tomou a maior decisão da sua vida: programou a máquina de hibernar, não para 10 anos, mas para o infinito!!! Entrou nela e ligou-a! Com um ar feliz ficou a dormir, zzzzz, a dormir, a dormir, até à eternidade! Jamais ficaria desiludido e decepcionado com o que quer que fosse, nem com o mundo, nem com as pessoas - pelo menos com algumas pessoas...

2 comentários:

mulher disse...

Ora muito bem vindo.
Não vale a pena hibernar Alex.
Há outras formas de contornar, sorrindo, sorrindo sempre para a vida.Não são influencias de (livros), não.È esta a minha maneira de estar na vida e olha nao me queixo.!!
Um beijo grande.

Isabel-F. disse...

... que horror Alexandre ... que má onda ... pessimismo não nos leva a lado nenhum ...

_________________


parabéns pela história. gostei muito.


beijinhos