sábado, 12 de julho de 2008

A ROTUNDA REVISITADA!

(Não é nome de filme nem de série de televisão: quando quiser dar uma buzinadela a outro automobilista para o chamar à atenção do erro ou dos erros que ele cometeu pense duas vezes ou pense nesta história...)

Ele viu pelo retrovisor que o carro que vinha atrás do seu já de há muito que cometia manobras perigosas sobre manobras perigosas. Viu-se mesmo ultrapassado por essa viatura numa rotunda e por poucos centímetros não se deu ali um choque. Eram dois indivíduos nesse carro, aparentemente novos, com bonés enfiados na cabeça, característico de quem gosta de fintar os outros e de se fintar a si próprio.

Aceleraram, deixando para trás uma nuvem de fumo e um cheiro intenso a combustível. Mas o trânsito fê-los abrandar - quase parar - na próxima rotunda. De nada lhes valeu a pressa porque foram apanhados por quem eles ultrapassaram na rotunda anterior. Como mostraram intenção de virar para a esquerda na rotunda - sem fazer sinal, claro - quem vinha atrás, já que ia seguir em frente, não resistiu em enviar-lhes uma apitadela... mas, uma rotunda é contornável, pois então, e os indivíduos visados não estiveram pelos ajustes:
Contornaram a rotunda e vieram atrás do buzinador... para tirar desforra da buzinadela... a todo o gás... iniciaram uma perseguição ao jeito dos filmes americanos... Felizmente, o perseguido - e já arrependido buzinador - conhecia o local e entrou por ruas e ruelas, a princípio com os perseguidores fumarentos e ruidosos, e de certeza com intenções pouco amistosas - no seu encalço...

Longos minutos depois e muitos pneus desgastados, o pacato cidadão que em má hora buzinou apercebeu-se que tinha despistado os perseguidores e continuou o seu caminho, embora aborrecido porque os implacáveis perseguidores de certeza teriam anotado a matrícula do seu carro e, embora à noite ele o guardasse na garagem, nada lhe garantia que um dia a sua viatura não aparecesse riscada, incendiada ou até roubada...


Dias depois apareceu um carro incendiado num bairro ali perto. Ninguém soube quem tinham sido os autores. Os dois proprietários da viatura ardida lamentaram a sua sorte, enfiaram mais ainda os bonés pela cabeça abaixo e por uns tempos não agrediram automobilisticamente ninguém nem ouviram nenhuma... buzinadela!!!

4 comentários:

zelia disse...

Penso que o melhor a fazer, é ficar longe desse tipo... Infelizmente, existem e fazem mesmo, coisas que até Deus duvida...

Beijos de luz e um domingo muito feliz!!! Obrigada pela gentil visita...

sofialisboa disse...

nem parece tua esta estoria alex...mas que há pessoas a conduzir há sofia

mariam disse...

"olho por olho" ....... "Chiça"!
não quereria ter como vizinhos nem uns nem outro! LOL

bom domingo
volto para a rede!
um sorriso :)

Laura disse...

Bem, fosses tu ou lá quem fosse...foi bem feita, há gajos que não sabem ser nem sequer porreiros e vai dai alguém se encarregou de fazer o mais certo, embora humanamente isso nem se faça ehhhhhh, mas é bem feita...beijinhos. e há muito desses gaijos por cá, e já me perseguiram so que o pópó deles deitava fumo de velho e o meu era o C 5 novinho em folha há 5 anos e.... ganhei eu porque voei e eles ficaram pra trás, mas iam a toda a brida a ver se me apanhavam...xiça penico. Bom Domingo pa ti. laura..