terça-feira, 2 de setembro de 2008

ASSÉDIO NO HIPERMERCADO!

Ele tinha pouco que fazer e então passeava-se todos os dias pelo hipermercado. Comprava pouca coisa de cada vez para lá voltar muitas vezes! É claro que ao fim de alguns meses conhecia todas as funcionárias das caixas, do interior da loja e da reposição de produtos, e não só as conhecia como sabia o nome delas, se eram casadas, solteiras, divorciadas, se tinham filhos, onde viviam, etc, etc.

Tão presente era que começou a dar demasiado nas vistas: daí a correr o boato de assédio sexual por parte de um cliente habitual às funcionárias mais bonitas do hipermercado foi um ápice... e, boato ou não, a informação chegou à administração do estabelecimento. Realmente não era normal um cliente deslocar-se todos os dias, várias vezes por dia, comprar poucos produtos de cada vez - geralmente só comprava uma coisa de cada vez - de escolher minuciosamente a caixa por onde queria sair com as compras, programar as suas visitas consoante o horário de algumas funcionárias... não era normal e o caso ganhava já contornos que extravasavam o próprio hipermercado...

... Até que um dia... foi solicitada a sua presença na administração - não era difícil convocá-lo, ele estava lá sempre! - e aí ele próprio sentiu que se tinha metido numa grande complicação: talvez não devesse ter dito que a Rosa era bonita, ou que a Marília era infeliz com o marido, ou que a Felismina tinha tudo a ganhar se arranjasse o cabelo... bom, mas antes ser chamado à administração que à polícia...

... O novo Director de Recursos Humanos do hipermercado é a pessoa mais conhecedora de todos os seus funcionários... bom, só teve que aprender algo sobre os homens porque sobre as funcionárias... ele já sabia tudo!!!

2 comentários:

sofialisboa disse...

gostei sofia

Lia disse...

Quem sabe se o senhor,(com todas essas idas ao super) não procurava simpesmente um sorriso,para dar luz aos seus dias escuros!Está gira!Fico a espera de outra;0)
Beijocas