sábado, 27 de setembro de 2008

A RELAÇÃO DELES ERA MUITO PRÓXIMA E ÍNTIMA...

A relação deles era muito próxima! E muito íntima! Todos os dias - pelo menos uma vez - ela estava em contacto com a pele dele. E percorria-lhe todo o corpo várias vezes... E quase sempre demoradamente! Desde a ponto dos cabelos à ponta dos dedos dos pés! Era uma cumplicidade total!

Há anos que esta intimidade entre os dois durava! Alguém já havia prognosticado que não era normal uma relação desse tipo durar tanto tempo, mas o tempo aí estava para provar o contrário! E todos os dias as mesmas carícias, o mesmo contacto demorado e húmido!

Para ele era imprescindível aquela sensação. Era mesmo impensável passar sem esses momentos. Nem o dia correria bem de outro modo! E ela ali estava sempre disponível, sempre pronta para ser tocada, afagada, acariciada...

Mas o tempo passa... e o tempo é implacável! Mesmo o que pensamos que vai durar para sempre por vezes prega-nos uma partida! E assim foi também com aquela... esponja de banho! Tinha durado muitos anos, tinha lavado muitos centímetros quadrados de pele mas agora estava a desfazer-se... era mesmo altura de ele se desfazer dela (a esponja) e arranjar outra nova...

1 comentário:

Lia disse...

Mais uma história...e mais uma vez gostei de te ler;0)Bem a pouco tempo ,li que..."Nem as pessoas, nem os lugares, nem(mesmo) as coisas, podem ser possuídos por muito tempo". Será?!?!
Beijocas vou voltar;0)