segunda-feira, 22 de setembro de 2008

AS HISTÓRIAS DA MILUCHA - I

A Milucha foi minha vizinha do lado durante alguns anos quando eu estava em casa dos meus pais. Tinha mais ou menos a minha idade, um pouquito mais velha só, e um pouco mais nova que a minha irmã mais velha e uma prima minha que costumava passar os verões lá em casa. E muitas vezes a Milucha - coitada - era alvo das brincadeiras da minha irmã e em especial da minha prima.

Ela era gorduchinha e usava as calças muito apertadas! Então, um dia a minha prima atraiu-a à sala e começou a puxar por ela, que ela «não era capaz de fazer a espargata», etc, etc, e lá começámos todos a fazer tenção de fazer a espargata. A Milucha não queria ficar atrás de nós e começou a abrir as pernas para conseguir fazer a espargata - então, a minha irmã foi com um pedaço de pano por trás dela sem ela ver e rasgou o pano, dando a ideia que tinham sido as calças da Milucha que se tinham rasgado com o esforço para fazer ginástica!

A Milucha entrou em pânico, começou a gritar pela mãe, encostou-se à parede pensando que tinha realmente as calças rasgadas e só quando a mãe dela apareceu é que se resolveu a situação. A Milucha ficou amuada connosco mas poucas horas depois já estava de novo lá em casa!

2 comentários:

Lia disse...

Gostei da história Guiducha 1!Fico a espera da continuação;0)
Beijocas

Bichodeconta disse...

Pelo menos fico mais tranquila, não era só eu a endiabrada em criança..Lindos, isso faz-se? um abraço..