domingo, 10 de fevereiro de 2008

O DOUTOR TROMBALAZANAS

Ele era médico - e um excelente médico - mas era um bocado distraído, quiçá, ingénuo. Muitas vezes os amigos gozavam com ele e ele nem se apercebia. Há uns anos atrás, na altura em que se começou a activar o voice-mail dos telemóveis com uma mensagem pessoal, e perante a dificuldade do médico em mexer nas novas tecnologias, um amigo nosso ofereceu-se para lhe activar o serviço!

E então, sem o médico se aperceber, gravou-lhe a seguinte mensagem: «Daqui fala o Dr. Trombalazanas. Se tem urgência nalguma operação é favor deixar recado e indicar o local e o dia em que quer ir à faca».

A partir daí, o nosso amigo médico começou a receber muitos telefonemas onde lhe diziam que pretendiam falar com o Dr. Trombalazanas. Desconhecendo a maldade que lhe tinham feito, ele desculpava-se, dizia que devia ser engano, até que um dia, curioso, ligou de outro telemóvel para o seu próprio número e descobriu a marosca que lhe tinham pregado!

Ao contrário do que se esperava, o «Dr. Trombalazanas» não se irritou e até levou o caso para a brincadeira. A verdade é que muitos anos depois ainda é conhecido entre os amigos pelo Dr. Trombalazanas.

3 comentários:

Sol da meia noite disse...

Há sempre quem brinque com a ingenuidade dos outros... e há quem leve tudo na calma...

Bjs

Blue Velvet disse...

Grande bom feitio.
Se fosse comigo, ai, ai...:)
Beijinhos

Bichodeconta disse...

O tipico João Semana que todos conhecemos das nossas aldeias e vilas do interior.. A seguir á minha avó Joaquina, na minha terra, o dr Vergílio Bacelar viu nascer quase aquela gente toda.. Tinha eu seis anos, e lá fui, pomposamente vestida de branco, laço nos cabelos e um molho de jarros com avenca,(que no Alentejo é mato)prata no tronco que depois era rematado com um soberbo laço branco.. Isto para dizer, que já havia 25 anos que o nosso dr Vergílio estava naquela terra, e eu, fui escolhida para, em nome da terra, oferecer ao médico aquelas simples flores, que eram sinal de gratidão por quem a qualquer hora do dia ou da noite sempre estava ao dispor de quem precisava dos seus cuidados,fosse rico ou pobre, e muitas vezes aparecia mesmo sem ser chamado, só porque alguém lhe havia dito que em tal lugar, na casa de fulano havia alguém doente..Há quanto tempo? isto passou-se há 48 anos, e o dr Vergílio manteve-se ao serviço daquela terra até há uns 15 anos..Nunca o vamos esquecer.. Tenho dele histórias engraçadissimas.. Era um homem com sentido de humor e sentido de amor ao próximo..Já não se fazem João Semana, hoje tudo quer estar nos lugares de destaque e onde o dinheiro seja fácil de ganhar.. Não se pagam mais consultas com cestos de ovos ou um perú no Natal.. Hoje as populações estão mais desamparadas ..Sentido de humor tinha também o dr Trombalazanas.. E se há coisa que é preciso ter , para levar por diante esta caminhada, é humor.. Convenhamos que anda arredado essa atributo .. Um abraço, ell.