domingo, 10 de agosto de 2008

A AMBIÇÃO DELE ERA CHEGAR AO PONTO MAIS ALTO DO PÓDIO...

Desde pequeno que ele sonhava participar nos Jogos Olímpicos e chegar ao lugar mais alto do pódio. Os anos passaram e nunca lhe foi dada essa possibilidade... ainda andou pelos outros lugares do pódio mas o mais alto nunca lhe calhou... coisas da vida!

Mas a vida não é sempre madrasta! Quem porfia mata caça, costuma dizer-se... neste caso ele não caçou nada mas teve a grande oportunidade da sua vida de finalmente atingir o lugar mais alto do pódio, o primeiro, o mais desejado, o lugar do ouro... e tanto que ele lutou por isso, tanto que se esforçou, tanto que argumentou...

Conseguiu! Naquelas Olímpiadas conseguiu. Estava feliz! Finalmente, os seus sonhos, os seus desejos concretizavam-se! Ele nem tinha palavras para agradecer! Era como se tivesse alcançado tudo na vida! Pessoas houve que disseram que as coisas eram relativas, que ele não devia viver só para alcançar o lugar mais alto do pódio, mas essas opiniões não contavam para ele...

Na fábrica de pódios - onde ele trabalhava - o patrão, finalmente, concedeu-lhe a tarefa de ser ele a construir o lugar mais alto do pódio... já tinha sido responsável em edições anteriores dos Jogos Olímpicos pela construção das outras partes do pódio mas nunca da parte do meio, a mais alta...

1 comentário:

Isabel-F. disse...

rssss....

que fim mais mauzinho ....