domingo, 17 de agosto de 2008

ONDAS, BANDEIRA VERMELHA, AFOGADOS, MIRONES E NADADORES-SALVADORES...

O indivíduo debatia-se nas ondas, o mar estava revolto, muito revolto, o vento dos últimos dias tinha transformado as ondas da praia em grandes massas de água - a bandeira estava vermelha (ver foto para confirmarem!), mas as pessoas por vezes pensam que podem fintar a natureza...

E enquanto aquele indivíduo se debatia nas ondas havia outro que assistia a tudo impávido, com um telemóvel nas mãos - olhava para a cena, remexia no telemóvel, olhava para o monitor para ver se havia recebido algum sms... mas nem um gesto fazia para socorrer o outro indivíduo...

Bom, depois foi tudo muito rápido: o nadador-salvador apareceu em segundos, juntou-se logo muita gente curiosa e o salvamento até nem foi difícil - o quase afogado recuperou depressa a respiração e a primeira coisa que ele fez foi perguntar ao indivíduo do telemóvel porque razão ele não tinha tomado qualquer atitude.

E o indivíduo do telemóvel com muita serenidade apontou para a bóia do nadador-salvador (ver foto de cima) e só respondeu que... a rede de telemóvel dele não era a mesma do nadador-salvador por isso não iria fazer um telefonema que lhe sairia caríssimo...

Portanto, como conclusão, aprendam a lição: antes de se afogarem certifiquem-se que quem está por perto tem a mesma rede de telemóvel do nadador-salvador! Quem vos avisa...

2 comentários:

Lia disse...

Bem... Alexandre,
que indivíduo mais forreta!:0))))
Gostei da história.:0)
Beijocas

elvira carvalho disse...

Muito original, o desfecho. Gostei.
Um abraço