quarta-feira, 8 de outubro de 2008

ELA TINHA DOIS AMORES... E TINHA QUE ESCOLHER UM DELES...

Acontece! Às vezes não se tem nenhum amor, e depois aparecem logo dois! Nestes casos, geralmente há sempre um amor que pesa mais que outro, mas no caso dela os dois amores pareciam gémeos, colocados na mesma balança tinham exactamente o mesmo peso, a mesma importância, exerciam a mesma atracção...

E quando acontece algo assim, o que se faz? Ela pensou, pensou, e então decidiu: e que tal marcar um encontro com os dois para a mesma hora e para o mesmo sítio? O que chegasse primeiro seria o seu eleito! Não parecia muito justo mas ela não via outra saída! Se bem pensou, melhor o fez!

Pegou no telemóvel e enviou sms iguais para os seus dois amores! Local do encontro: frente à FNAC no centro comercial, o sítio habitual onde se encontrava com eles (mas em separado) para tomar café. Estranha maneira de decidir o seu futuro mas já tinha decidido que seria mesmo assim...

E assim foi: no dia combinado, na hora combinada, no local combinado, ela lá estava! Um pouco antes da hora marcada... Esperou, esperou... Tinha que contar com os atrasos do trânsito, há sempre imprevistos... o tempo foi passando, a hora do encontro foi ultrapassada, mas nada de grave, pensou ela, o importante era que um deles chegasse...

... Então, tudo aconteceu! Não exactamente como ela tinha previsto mas até é bom que haja surpresas para apimentar as relações! E ali decidiu o seu futuro, e, pelos vistos da melhor maneira: o namoro com o segurança da FNAC durou poucas semanas, pensaram logo em casar, marcaram tudo, casaram, já têm filhotes e são muito felizes! Os outros dois? Bom, se calhar ainda lá estão à espera dela...

3 comentários:

Lia disse...

Adoro histórias de amor!;0)
Acontece...não devia,mas pode acontecer.Beijo

Mulher disse...

haahhhah.Só tu para inventares uma historia desta.!
Ainda estou a rir, e olha que isto hoje tá muito dificil.Obrigada e beijinhos.

sofialisboa disse...

ha ha ah. sofia