quinta-feira, 9 de outubro de 2008

NO ESCURINHO DO CINEMA NUM FILME DE TERROR!!!

Há muito tempo que ele não ia ao cinema ver um filme de terror! Há muitos anos mesmo! Mas era uma espécie de filmes de que ele gostava! Não que ensinassem nada, mas cinema é para distrair e não para ensinar! Assim pensou e como lhe surgiu um buraco no trabalho aproveitou a hora de almoço para relaxar um pouco.

Comprou o bilhete para a primeira sessão do dia e ao chegar à sala verificou que não estava mais ninguém... Hesitou... Assistir a um filme de terror sozinho numa sala enorme e vazia não era muito aliciante! Bom, mas o seu lugar era perto da porta, não havia problema!

Mas aquele lugar não era o melhor, ficava um pouco de lado e não tinha acesso ao melhor surround. Então, levantou-se, olhou em volta e não vendo ninguém esgueirou-se para um lugar do meio. Assim como assim, podia dar-se ao luxo de escolher o lugar...

Mal se sentou e se acomodou na cadeira, sentiu um toque no ombro... Olhou para trás e para cima e viu uma pessoa deslumbrante... que lhe disse: «Esse lugar é meu!». Ele levantou-se de um salto, explicou que pensava que não viria mais ninguém e que mudou de lugar...

Ela convidou-o a sentar-se ao seu lado! Trocaram umas palavras! O filme começou e as cenas faziam com que um e outro quase saltassem das cadeiras... motivo suficiente para comentarem algumas cenas, para se tocarem e até para se... beijarem!!! O filme contava as histórias de uns espelhos mágicos e dos seus reflexos que faziam desaparecer macabramente as personagens...

... Ao intervalo ela levantou-se e disse que ia à casa-de-banho, para ele esperar ali um pouco! Ele esperou, esperou e ela nunca mais aparecia... o filme recomeçou e ela não apareceu... ele olhou para o ecrã e teve então o maior ataque de terror: descobriu naquele instante quem era a personagem macabra do filme...

3 comentários:

Lia disse...

Mais uma vez gostei da história!
«No escurinho do cinema,numa sessão de terror!»numa sala só para ele...ou quase.Tens uma imaginação muito fértil!;0)Beijinhos e podes continuar(a escrever histórias):0)))

mariam disse...

é um gostinho especial ler estas estórias!!!!

logo esta, logo eu, que sensível, sem ser lamechas, não é que também gosto de filmes de terror?!

sorrisos :)

Filoxera disse...

Pode mesmo dizer-se, por esta história e pelas de cima, que andas a ver muitos filmes...
Beijos.